Patagônia, Chile e Argentina

Nesse ano resolvemos conhecer a Patagônia Chilena e Argentina e chegar até o fim do mundo, conhecer Ushuaia. Na verdade nosso roteiro inicial era bem maior, tinha Ilha de Páscoa e Atacama, como ficaria bem mais caro ($) e também tivemos que trabalhar em um projeto particular durante as férias, tivemos que diminuir os dias da viagem.

No fim nosso roteiro foi: Puerto Montt > Puerto Varas > Peulla > Bariloche > El Calafate > Puerto Natales > Punta Arenas > Ushuaia. Totalizando 8 cidades em 19 dias, com vários tipos de deslocamento, avião, barco, ônibus e balsa.

Roteiro Patagônia

Já conhecíamos Santiago e Buenos Aires, então passamos nessas cidades apenas para fazer conexão. Como nosso roteiro não seria por grandes cidades, foi um pouco complicado prever os custos da viagem, resolvemos levar Real (R$) e um pouco de  Peso Argentino e Chileno. Essa parte de controle do dinheiro foi a mais complicada, horas estávamos no Chile, outro dia na Argentina e depois de alguns dias já voltávamos para o Chile. Uma dica importante para quem tiver planejando uma viagem parecida, procure aproveitar as maiores cidades para trocar dinheiro, a cotação é bem melhor. Por exemplo em Bariloche o Real estava valendo 4,40 no “câmbio negro” e quando chegamos em El Calafate a cotação mudou para 4,20 e quanto mais para o sul a cotação ficava pior. Resultado dessa bagunça foi que no décimo segundo dia estávamos precisando sacar dinheiro e pagando taxas altíssimas por saques limitados :(

Como falei usamos vários transportes, resolvemos cruzar a região dos Lagos Andinos, fazendo o passeio do Cruce Andino de dois dias, pernoitamos em Peulla, simplesmente no meio do nada tem um belo hotel. Infelizmente nesse dia choveu muito. Outra dica, você pode perder muito tempo escolhendo a melhor época para conhecer a Patagônia, mas o clima pode mudar independente da previsão, é uma região bem instável. Prometo fazer um post especial sobre o Cruce.

mapa cruce andino

 

O que temos para falar da Patagônia? É um local simplesmente perfeito, muita natureza, paisagens impressionantes. Vale muito conhecer algumas cidades, o que percebemos é que algumas paisagens acabam se “repetindo”, então se a grana tiver pouca, escolha duas ou três cidades e você não vai se arrepender. Agora você vai precisar de disposição. Muitos passeios são cansativos, caminhadas de duas horas são uma constante e o deslocamento para os pontos turísticos são demorados. Muitas vezes os passeios tomavam o dia inteiro, sorte nossa que escolhemos a época do primavera/verão para conhecer a Patagônia, assim os dias são bem longos.

Caso você queira fazer o deslocamento entre cidades de ônibus é importante comprar passagens com antecedência de dois dias, muitos mochileiros deixavam para comprar na hora e o ônibus já estava lotado. Ficamos impressionados com a quantidade de mochileiros. Em algumas cidades não existem muitas empresas de transporte e ônibus regular, então sempre que chegávamos em uma cidade nós já comprávamos a passagem para a próxima. Mesmo assim teve um dia que nossa estratégia quase fura, nosso último trecho foi Punta Arenas > Ushuaia e quando chegamos na empresa de ônibus para comprar a passagem, o vendedor falou: “tem passagem não, vocês não passam na fronteira!” Eu não estava entendendo nada, ai ficamos tentando conversar, depois de um tempo ele explicou que a alfândega estava em greve e não tínhamos como sair do Chile de ônibus. Ele sugeriu comprar passagem para outro dia, no qual talvez a greve fosse suspensa. Começamos a recalcular a rota, ver os hotéis e na hora de pagar a passagem ele não recebia cartão, então fomos procurar outra empresa. Sorte nossa que a outra companhia tinha passagem para o dia que estávamos querendo viajar, perguntamos pela greve e ele falou que seria suspensa. Compramos a passagem e ficamos torcendo para a alfândega abrir. No fim deu tudo certo, a greve acabou e chegamos no Ushuaia depois de 12h de ônibus e uma balsa, ufa…

Vou listar alguns pontos turísticos que conhecemos e dicas. Vou preparar posts mais detalhados de cada cidade em breve.

  • Puerto Montt
    • Ficamos só um dia, conhecemos o lago e sua orla.
  • Puerto Varas
    • Cidade bem bonita, calma.
    • Frutillar
    • Vulcão Osorno
    • La Cascata
    • Lago Todos los Santos
    • Saltos do rio Petrohue
  • Peulla
    • Hotel no meio do nada, uma unidade do corpo de bombeiros, alfândega e um mini mercado… pronto acabou a cidade. Muito aconchegante.
    • Cachoeiras, passeio de 4×4
    • E muita chuva :(
  • Bariloche
    • Lago gigantesco.
    • Cervejaria Patagônia, foi uma aventura chegar, mas valeu o esforço (longe da cidade).
    • Teleférico e mirante.
  • El Calafate
    • Glacial Perito Moreno, impressionante.
    • Mini Trekking no gelo.
    • Cidade bacana, movimentada.
  • Puerto Natales
    • Parque Nacional Torres del Paine
    • Caverna do Milodón (não gostei, tem nada pra ver)
    • Orla bacana
  • Punta Arenas
    • Isla Magdalena, muitos pinguins, super bacana.
    • Shopping zona franca (bons preços)
    • Orla, mercado, cassino…
  • Ushuaia
    • Passeio de barco no Canal Beagle
    • Lago Fagnano (impressionante)
    • Parque Tierra del Fuego

Galera o post já ficou bem grande, prometo contar mais detalhes sobre as cidades em posts futuros e falar também das aventuras. Para finalizar selecionei mais algumas fotos da nossa viagem:

Boa viagem :)

Sem comentários ainda

Deixe uma resposta

Quem Somos?

Barroso e Márcia
Eu Barroso e minha esposa Márcia adoramos viajar e praticamos com muito empenho essa arte. Estamos sempre buscando novos rumos e montamos esse Blog para compartilhar nossas experiências e ajudar você na sua próxima viagem, leia mais...

Siga nosso Instagram

Selecionamos nossas melhores fotos para você :)

Nós utilizamos o Google Apps!

O Google Apps é um pacote de produtividade baseado na nuvem que auxilia as equipes a se comunicarem, a colaborarem e a realizarem tarefas em qualquer lugar e de qualquer dispositivo. Ele é fácil de configurar, usar e gerenciar. Assim, você pode se concentrar no que realmente importa.